Macro vs Micro – Vantagens do microinfluenciador

Compartilhe :)
Tempo de leitura: 2 minutos

Tamanho é documento? Parece que no mundo da publicidade, sim!

Mas nesse artigo vamos desmistificar esse pensamento e mostrar para você quando é mais vantajoso usar um microinfluenciador.

Mas quem é quem? São chamados de microinfluenciadores aqueles que têm entre 5 mil e 100 mil seguidores. Normalmente falam de assuntos específicos, que os fizeram crescer, atraindo o público de um determinado conteúdo. Portanto, eles têm um grande poder de influência em mercados pequenos.

Por exemplo, um barbeiro que em seus vídeos mostra as técnicas de corte e grava durante um atendimento com um cliente real. Seus seguidores provavelmente vão ser pessoas do ramo de estética, cabeleireiros e afins (alguns perdidos também). Podemos dizer que se ele indicar a máquina de cortar cabelo que ele usa todos os dias, será muito  impactante para a decisão de compra daqueles usuários.

Interação

O influenciador menor tem a tendência de interagir mais com seus seguidores e respondendo aos engajamentos como comentários e menções em redes sociais. Isso os torna mais presentes e acessíveis aos fãs.

Quem não gosta de receber aquela atenção especial?

Perfil

Maioria dos influenciadores bem sucedidos começaram falando de um assunto específico, do qual tinham mais domínio para criar conteúdos interessantes. Os microinfluenciadores estão nessa fase, assim o público que eles possuem são mais segmentados.

Portanto, selecionar as parcerias corretamente é a chave para os resultados positivos.

Relacionamento

Criar um relacionamento a longo prazo com esses microinfluenciadores é uma estratégia interessante, pois assim os dois lados ganham.

Orçamento

Por causa da grande oferta de influenciadores de pequeno porte, muitos deles trabalham com permuta para atrair anunciantes. E muitos deles tendem a fazer além do que estava combinado, acrescentando, por exemplo, uma publicação em outra rede social espontaneamente.

Agilidade

Troque a ideia de criar uma mega campanha por várias menores, em que você pulveriza o trabalho em diversos influenciadores, cada um falando da maneira que mais se encaixa com o público.

Compra

Como no exemplo do canal de barbearia, o influenciador de nicho, tem um poder de

que pode ser decisivo na hora da compra.

Conclusão

A ideia de usar microinfluenciadores é fazer um branding contínuo. Criar parcerias com diferentes influenciadores e sempre alimentá-los com novos produtos.

O Marketing de influência vem crescendo e pode ser aplicado para diversos mercados, basta encontrar os criadores de conteúdo certos. Para isso você pode utilizar a nossa ferramenta, com ela é possível pesquisa e filtrar influenciadores de acordo com a sua necessidade.

Comente abaixo se ficou alguma dúvida, ou se já usa microinfluenciadores, compartilhe como está sendo sua experiência.

Posts relacionados